diHITT - Notícias Auto Sauer: Agosto 2010

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Renault atribui sucesso ao novo duto de ar

Chefe da equipe fica satisfeito com ritmo do carro em Spa 

Eric Boullier acredita que o sucesso da Renault no Grande Prêmio da Bélgica, em que Robert Kubica foi o terceiro colocado, foi por causa do novo duto de ar utilizado pela equipe.

O dirigente do time francês ficou satisfeito com o resultado e o ritmo de corrida do carro em Spa, que esteve figurando no pelotão da frente durante toda a corrida.

- Tenho certeza de que a metade do ganho de desempenho que tivemos foi por causa do duto. Tenho de pagar tributo à equipe porque todo mundo ficou impressionado que equipamos os carro com o duto e funcionou de imediato. É certamente um avanço para nós - disse em entrevista à revista inglesa "Autosport".

Boullier avliou que a Renault agora pode ultrapassar a Mercedes e ficar com a quarta colocação do Mundial de Construtores.

- Ficaria satisfeito em fazer mais pódios, é claro. Isso é definitivamente realista quando vejo nosso nível de desenvolvimento e certamente, agora aumentamos nossas expectativas e precisamos pegar esse quarto lugar - completou. 

A Renault ocupa a quinta colocação no Mundial de Construtores e está 23 pontos atrás da Mercedes (Lancenet)

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

X6 M: brinquedo para poucos e bons

Quer um esportivo puro-sangue, mas adora o estilo dos jipões? Então conheça esse BMW!

O mundo muda, as necessidades também. As mulheres estão cada vez mais independentes, os casamentos já não duram tanto como na época dos nossos avós, apartamentos de um dormitório registram procura recorde e, dessa forma, todos têm que se adaptar. Desde a indústria alimentícia, com porções congeladas de alimentos para uma pessoa, até o setor automotivo, haja visto os últimos conceitos de automóveis para um ou dois ocupantes.


Com isso, nos anos 2000 vimos o surgimento dos crossovers, automóveis que mesclam características de segmentos diferentes com o objetivo de atender qualidades inéditas que um veículo deve ter no século XXI. Nesse mundo novo de possibilidades, uma proposta que a BMW resolveu investir é a dos SAC, ou Sports Activity Coupé, com o lançamento do X6 em janeiro de 2008 no Salão de Detroit. 

Seu “cupê para atividades esportivas”, mostrou-se bem acertado e, tanto no exterior como no Brasil, vem contabilizando bons números de venda. A grande surpresa veio ano passado, quando, em conjunto com o X5, a BMW lançou a opção preparada pela Motorsport, adicionando um ingrediente muito interessante à fórmula: desempenho de superesportivo. 


Seu motor V8 de 4395 cm³ auxiliado por dois turbocompressores entrega bem dispostos 555 cv a 6.000 rpm e 69,3 kgfm de torque disponíveis em um intervalo impressionante que vai de 1.500 a 5.650 rpm. É força de sobra para quem procura uma dirigibilidade agressiva. Em nosso teste ele impôs respeito. Muito respeito. Com o controle de largada acionado ele registrou aceleração de 0 a 100 km/h em 4s5, 0s1 mais rápido que o primo X5 M que você conferiu na Carro Online. Com esses números, ambos só perdem para o Audi RS6 (4s4) na lista dos carros mais rápidos já testados por nós. 


Nas retomadas então, outro show desse alemão de sangue tão quente quanto a cor vermelha da unidade avaliada. As provas de 40 a 100 km/h, 60 a 120 km/h e 80 a 120 km/h foram rapidamente vencidas em 3s5, 4s0 e 3s0, respectivamente. Obviamente que de nada adiantaria o X6 M ser um devorador de asfalto se o seu ímpeto por velocidade não pudesse ser controlado. 

Essa missão cabe a generosos discos de freios ventilados de 395 mm x 36 mm com pinça de quatro pistões na dianteira e 385 mm x 24 mm com pinça de pistão único na traseira. Sua eficiência mereceria nota 11 em nossa prova de fadiga, na qual realizamos dez frenagens consecutivas com 200 kg de lastro no porta-malas com o carro vindo a 100 km/h. A diferença, mesmo considerando os resultados intermediários, foi de apenas 2,9 m, um feito elogiável e digno dos automóveis mais primorosos. 

Claro que brincar com o X6 M tem um custo e, nesse caso, ele se chama consumo de combustível. O SAC registrou média de 6,05 km/l, com parciais de 4,3 km/l na cidade e 7,8 na estrada. Portanto, quem quer ter um desses deve preparar o bolso para manter o tanque de 85 litros sempre abastecido (ah! e com gasolina Podium, afinal você não vai dar qualquer coisa para ele, certo?).

O que acrescenta muito em termos de dirigibilidade tanto ao X5 M quanto ao X6 M é a tração integral, primeiro da casa Motorsport com o sistema. Existem os que preferem o prazer de domar um veículo potente com as rodas motrizes só na traseira, mas é inegável que a força repartida entre os dois eixos permite explorar muito mais o modelo nas curvas, além de acrescentar pontos no quesito segurança ativa.
Em relação ao X6 convencional, o M é 10 mm mais baixo e sua suspensão a ar possui recurso autonivelante, uma grande ajuda para equilibrar os 2.380 kg do jipão (se é que a gente pode chamar ele assim) em uma manobra mais ousada. Mas o que dá mais graça nesse modelo é um pequeno botão no volante que deveria ser banhado a ouro, o “M Power”. 

Por meio dele você pode configurar os melhores acertos de motor e suspensão, dentre outros, a seu gosto ou programá-lo simplesmente para liberar a faceta mais parruda do X6 M. Caso essa seja sua escolha, o propulsor fica liberado para atingir a potência máxima (até o ronco que sai do escape fica mais encorpado) e a suspensão lhe entregará o máximo comprometimento em termos de perfomance. Resumindo: vira um brinquedão para poucos e bons no valor de R$ 471.000. 

Bom, você já deve estar cansado de saber, quando se trata de um BMW top de linha nem é preciso mencionar todo o requinte e luxo a bordo. Apenas citando os destaques, na cabine do X6 M você encontrará sistema de som HiFi com 12 alto falantes que totalizam 230 W de potência, acabamento M com detalhes em alumínio, ajustes automáticos para todas as posições dos assentos dianteiros incluindo encosto de cabeça e ar-condicionado automático digital de duas zonas na dianteira. 

Um detalhe, que parece mais uma prova de carinho, é que quando a partida é acionada as abas laterais do banco do motorista (reguláveis) se inflam para segurar o tronco do motorista e passageiro no meio do encosto. Acredite, se você que galopar com os 555 cv é bom não recusar essa ajuda!(Carro Online)

 

Hamilton vence corrida confusa na Bélgica


Webber é o segundo, Vettel tira Button; no GP 300, Rubinho bate

O inglês Lewis Hamilton venceu neste domingo um agitado Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, em Spa-Francorchamps, e reassumiu a liderança do Mundial. O piloto da McLaren liderou de ponta a ponta uma prova marcada por alguns períodos de chuva e erros de Sebastian Vettel, que tirou Jenson Button da prova e se tirou da zona de pontuação, e Fernando Alonso, que bateu e abandonou. Hamilton alcançou 182 pontos, três a mais do que Mark Webber, que caiu da pole para o sétimo lugar no começo mas se recuperou e chegou em segundo - Robert Kubica fechou o pódio.



Em relação aos brasileiros, Felipe Massa fez uma boa corrida e terminou em quarto com sua Ferrari. Lucas di Grassi, da Virgin, terminou em 17º. Já Bruno Senna, que teve um problema na suspensão traseira, e Rubens Barrichello, que bateu no fim da primeira volta no seu GP 300, abandonaram a corrida.


Também marcaram pontos Adrian Sutil (Force India), em quinto, Nico Rosberg (Mercedes), em sexto, Michael Schumacher (Mercedes), em sétimo, Kamui Kobayashi (Sauber), em oitavo, Vitaly Petrov (Renault), em nono, e Vitantonio Liuzzi (Force India), em décimo.

A CORRIDA

O GP começou confuso. Webber partiu mal da pole e despencou para sétimo. Hamilton pegou a ponta, seguido por Kubica, Button, Vettel, Massa, Sutil. Mas logo no fim da primeira volta começou a chover e quase todos os pilotos tiveram problemas para frear na Bus Stop com pneus slicks, Barrichello, que caíra de sétimo para nono na largada, não conseguiu parar, bateu em Alonso e abandonou.

O espanhol teve danos na Ferrari, entrou nos boxes e aproveitou para colocar pneus intermediários. Como o safety car reagrupou o pelotão, Alonso poderia ter se dado bem se a chuva tivesse continuado. Mas logo a água parou de cair e, pouco depois da relargada, o espanhol teve de colocar pneus slicks.

Na frente, Hamilton disparou logo nas primeiras voltas, enquanto Button e Vettel se livraram de Kubica e Webber passou Sutil e Massa. As posições se mantiveram assim até a 17ª volta, quando Vettel se enrolou ao tentar passar Button e tirou o inglês da prova. O alemão teve de trocar a asa dianteira e perdeu muitas posições. Para piorar, foi punido pela manobra e ficou sem chances de marcar pontos.

Hamilton continuou liderando com tranquilidade mesmo após a troca de pneus obrigatória, enquanto Kubica não permitia ataques de Webber e Massa. Foi quando a chuva voltou, a menos de dez voltas do fim, e todos os pilotos tiveram de colocar pneus biscoito. Quando parou nos boxes, Kubica errou o ponto de freada e perdeu alguns segundos, proporcionando a Webber assumir o segundo lugar.

Logo depois, Fernando Alonso bateu e levou o safety car de volta à pista. O pelotão se reagrupou de novo, mas as principais posições foram mantidas e Hamilton pôde saborear a recuperação da liderança do campeonato, mesmo que por míseros três pontos sobre Webber, que, após a má largada, até que minimizou muito bem o prejuízo com a segunda colocação.

A próxima corrida será daqui a duas semanas, em Monza (Itália). Antes disso, no dia 8, a Ferrari será julgada pela manipulação de resultado no GP da Alemanha, quando ordenou a Felipe Massa que cedesse o primeiro lugar a Fernando Alonso, e poderá perder todos os pontos.(Lancenet)


RESULTADO FINAL DO GP DA BÉLGICA 
1º - Lewis Hamilton (ING) McLaren-Mercedes - 1h29m04s268
2º - Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault - a 1s571
3º - Robert Kubica (POL) Renault - a 3s493
4º - Felipe Massa (BRA) Ferrari - a 8s264
5º - Adrian Sutil (ALE) Force India-Mercedes - a 9s094
6º - Nico Rosberg (ALE) Mercedes - a 12s359
7º - Michael Schumacher (ALE) Mercedes - a 15s548
8º - Kamui Kobayashi (JAP) Sauber-Ferrari - a 16s678
9º - Vitaly Petrov (RUS) Renault - a 23s851
10º - Vitantonio Liuzzi (ITA) Force India-Mercedes - a 34s831
11º - Pedro de la Rosa (ESP) Sauber-Ferrari - a 36s019
12º - Sebastien Buemi (SUI) Toro Rosso-Ferrari - a 39s895
13º - Jaime Alguersuari (ESP) Toro Rosso-Ferrari - a 49s457
14º - Nico Hulkenberg (ALE) Williams-Cosworth - a uma volta
15º - Sebastian Vettel (ALE) Red Bull-Renault - a uma volta
16º - Heikki Kovalainen (FIN) Lotus-Cosworth - a uma volta
17º - Lucas Di Grassi (BRA) Virgin-Cosworth - a uma volta
18º - Timo Glock (ALE) Virgin-Cosworth - a uma volta
19º - Jarno Trulli (ITA) Lotus-Cosworth - a uma volta
20º - Sakon Yamamoto (JAP) Hispania-Cosworth - a duas voltas
 
ABANDONOS 
Fernando Alonso (ESP) Ferrari - a sete voltas (acidente)
Jenson Button (ING) McLaren-Mercedes - a 29 voltas (colisão)
Bruno Senna (BRA) Hispania-Cosworth - a 39 voltas (suspensão)
Rubens Barrichello (BRA) Williams-Cosworth - a 44 voltas (colisão)
VOLTA MAIS RÁPIDA
Lewis Hamilton (ING) McLaren-Mercedes - 1m49s069, na 32ª

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Lotus busca subsídio governamental

Marca aguarda verba do governo para produzir protótipo de testes do híbrido Evora 414E

A Lotus está aguardando a liberação de verbas do Conselho de Estratégia e Tecnologia do Reino Unido para construir um protótipo do híbrido Evora 414E, divulgou nesta quinta-feira (26) o informativo britânico Autocar. Segundo o website, a empresa produzirá uma unidade do esportivo por conta própria, mas necessita de auxílio governamental para arcar com os custos de produção de uma segunda unidade. 
 
Nenhuma informação foi divulgada sobre a função dos dois protótipos em questão, mas é possível especular que os modelos sejam utilizados para testes e aprimoramentos da tecnologia.
 
O Evora 414E, apresentado no Salão de Genebra deste ano, utiliza dois motores elétricos localizado nas rodas traseiras, que juntos, geram 414 cavalos de potência – o que explica seu nome – e 81,4 kgfm de força, suficientes para acelerá-lo aos 100 km/h em 4s0.
 
Para que possua tal rendimento aliado a uma autonomia de 480 km, a Lotus equipou o esportivo com um motor 1.2 tricilíndrico a gasolina de 47 cv, que atua como um gerador para recarregar as baterias de íons de lítio. Quando estacionado, o modelo, que pode percorrer até 56 km com uma carga, pode ser recarregado em uma tomada.(Carro Online)

 

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Opala Diplomata SE - 1991 - 4.1


Esse é meu, ainda está longe do que eu quero, espero que gostem, abraços.

Leandro Sauerbronn

sábado, 21 de agosto de 2010

Corte de trecho causa polêmica no Sertões

O trecho do Rali dos Sertões entre São Félix do Tocantins (TO) e Balsas (MA) causou desconforto entre os pilotos. Muitos se sentiram prejudicados pelo corte de 300 quilômetros do trecho cronometrado, que vale para a classificação geral. Riamburgo Ximenes, que corre o Sertões há 14 anos, chiou muito:

– A maratona foi comprometida. A segunda parte é a mais importante, e se você não corre 300 quilômetros, perde chance de recuperar tempo. Se para quem está na frente é bom, para quem quer chegar dificulta. Viemos bem, tivemos só um pneu furado. Fomos prejudicados.

O corte de trechos costuma ocorrer em ralis e a organização alegou que quatro equipes de apoio, com seis carros e 26 pessoas, não pôde contornar uma serra por más condições na estrada. Para um caminho alternativo, seria necessário andar 300 quilômetros a mais e o tempo não seria suficiente. Por segurança, a organização encurtou o trecho para 222 quilômetros.

– O Dacar é insano demais. Comparado com o Sertões, é muito pior, mas este ano aqui está bem difícil até pelo equilíbrio entre os pilotos. Em condições normais, bateríamos o Guiga – alfinetou Ximenes, terceiro, a 23 minutos de Spinelli.

Spinelli sabe que para manter a frente, vai precisar correr com cautela, pois este ano o roteiro está difícil e a disputa está acirrada.

– O Sertões tradicionalmente é difícil. Nesta edição a organização escolheu um trecho muito duro. Passar ileso pela maratona é importante, mas faltam dois dias.  (Lancenet)

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

General Motors entrega documentação para volta à bolsa

Montadora havia deixado o mercado de ações em 2009, na crise.
Venda de papéis poderá começar em novembro próximo.

A General Motors entregou nesta quarta-feira (18) à comissão de valores dos Estados Unidos (SEC) a documentação necessária para voltar a ser cotada na bolsa de Nova York no final do ano. A medida era esperada desde a semana passada, quando a montadora também anunciou a saída do presidente Ed Whitacre, que será substituído em setembro por um dos conselheiros, Dan Akerson.

Não foi divulgado o número de ações que serão ofertadas ao público, nem o preço. A empresa também pretende ofertar ações no Canadá.

A GM abandonou os mercados quando declarou falência em junho de 2009 e passou seu conjunto de ações às mãos das autoridades dos Estados Unidos, Canadá, do sindicato United Auto Workers (UAW) e antigos credores.

O Departamento do Tesouro dos EUA injetou aproximadamente US$ 50 bilhões na GM durante a quebra, por isso controla atualmente 61% das ações.

Segundo o "The Wall Street Journal", o Tesouro também deve oferecer, em um primeiro momento, US$ 10 bilhões em ações da GM, e deve se desprender do resto do conjunto de ações em lances durante os próximos meses. O objetivo da oferta pública de ações é que a montadora se torne, novamente, uma empresa privada.

Venda pode começar em novembro
 
Na semana passada, o periódico "The Detroit News" afirmou que a GM poderia começar a vender as ações em novembro. No primeiro semestre do ano, a montadora faturou quase US$ 2,2 bilhões. Na última quinta-feira (12), anunciou que seus lucros no segundo trimestre somaram US$ 1,33 bilhão.

Em outro passo da retomada, o novo presidente assumirá o posto de executivo-chefe em 1º de setembro, e, no final do ano, ficará no cargo de presidente do conselho de administração. Akerson é um antigo executivo do mundo das telecomunicações e também ex-diretor da firma de investimentos Grupo Carlyle.(Auto Esporte)

 

Encontro Mensal do Opala Clube de Indaiatuba - SP


quinta-feira, 19 de agosto de 2010

É neste final de semana , Encontro de Veículos Antigos - Niterói - RJ

Chevrolet confirma versão, cores e rodas do Camaro para o Brasil

Depois de anunciar o motor V8 6.2 litros com mais de 400 cv, a Chevrolet já definiu a versão do Camaro que vai importar para o mercado brasileiro e apresentar no Salão do Automóvel, que acontece de 27 de outubro a 7 de novembro.

Trata-se da versão 2SS, a topo de linha e recheada de equipamentos. Um dos mais chamativos são as rodas de alumínio de 20 polegadas - de tala 8'' na dianteira e 9'' na traseira --, que deixam à mostra os enormes discos de freios (com 35,5 cm de diâmetro e 3,2 cm de espessura na dianteira e 36,5 cm de diâmetro e 2,8 de espessura na traseira) e as pinças Brembo. Calçando as rodas estão os pneus de medida 245/45 ZR20 na dianteira e 275/40 ZR 20 na traseira.

O Chevrolet Camaro estará inicialmente disponível no Brasil em cinco diferentes cores. Vermelho, Amarelo, Branco, Preto e Prata.

Vídeos e wallpapers

Enquanto o Camaro não desembarca no Brasil, os fãs da marca podem continuar a receber as novidades do esportivo através do twitter (www.twitter.com/camarooficial) e do hotsite (www.chevroletcamaro.com.br). A partir desta semana, a Chevrolet vai disponibilizar no hotsite, wallpapers com fotos do carro e também vídeos sobre o Camaro.

Oshawa, produzindo desde os anos 1950

A fábrica da GM em Oshawa, no Canadá, foi inaugurada em meados da década de 50 e produziu mais de 25 diferentes modelos da General Motors, para o mercado americano e canadense. Dentre eles, veículos como o Chevrolet Monte Carlo, o Bel Air e a quarta geração do Malibu. Hoje, além do Camaro, a fábrica de Oshawa produz o Chevrolet Impala e está sendo preparada para produzir, em meados de 2011, o Buick Regal.

Com uma área de 10 milhões de metros quadrados, a fábrica de Oshawa, que fica localizada no estado de Ontário, no Canadá, é o quartel da General Motors em terras canadenses e emprega cerca de 5400 funcionários horistas e 400 mensalistas.

A General Motors, um dos maiores fabricantes de veículos do mundo, tem origem em 1908. Com sede global em Detroit, a GM emprega 217.000 pessoas nas principais regiões do mundo e tem operações em 140 países. A GM, com seus parceiros estratégicos, produz veículos em 34 países, vendendo e proporcionando serviços para estes veículos através das seguintes marcas: Buick, Cadillac, Chevrolet, FAW, GMC, GM Daewoo, Holden, Opel, Vauxhall e Wuling. O maior mercado da GM é o dos Estados Unidos, seguido de China, Brasil, Alemanha, Reino Unido, Canadá e Itália. 

No Brasil a GM fabrica e comercializa veículos com a marca Chevrolet há 85 anos. Em 2009 a Chevrolet registrou recorde histórico de vendas no país com o volume de 595.536 veículos. A companhia tem três Complexos Industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul, São José dos Campos (SP) e Gravataí (RS). Conta ainda com unidades em Mogi das Cruzes (produção de componentes estampados), Sorocaba (Centro Distribuidor de Peças) e Indaiatuba (Campo de Provas), todas em SP, além de um moderno Centro Tecnológico de Engenharia e Design, em São Caetano do Sul, com capacidade para desenvolvimento completo de novos veículos. A subsidiária brasileira é um dos cinco centros mundiais na criação e desenvolvimento de veículos, nos campos da engenharia, design e manufatura.

Mais informações podem ser encontradas nos sites http://media.gm.com e www.gmnoticias.com.br

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

11º Encontro de veículos antigos em Teresópolis – 27 a 29/08

11º ENCONTRO DE VEICULOS ANTIGOS EM TERESÓPOLIS, SERÁ REALIZADO NOS DIAS 27,28 E 29 DE AGOSTO NA PREFEITURA.

VOLKS CLUBE DE TERESÓPOLIS
JOEL SEIXAS
(21) 9635 2437 /  (21) 9635 2437     



 (Cartaz Antigo)

Encontro anual do Ilha Car Club de veículos Antigos - Ilha do Governador - Rio de Janeiro

Confirmado o evento anual do Ilha Car Club . Será no dia 22/08/2010.
Horario: 10.00 as 16.00 – A premiação  acontecerá as: 13.00 h

O valor da inscrição será  para aquisição do kit será de: R$ 25,00 (Vinte cinco reais) que deverão ser depositados na conta:
BRADESCO AG 2788.0 C/P 1001025.0 Milos M. Vohryzek
Deposito, identificação ou confirmação por e-mail:  (vohryzek@oi.com.br)


4º Encontro de Antigomobilistas de Matão - SP

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Ford relança o Mustang Boss 302

Releitura é fiel ao modelo de competição produzido entre 1969 e 1970.
Motor V8 5.0 litros tem 28 cavalos a mais de potência e gera 440 cv.

O Mustang Boss 302 está de volta. A Ford anunciou a reedição da linha Boss 302 do Mustang, série esportiva produzida entre 1969 e 1970 para competições e a criação de uma nova linha, chamada Boss 302 Laguna Seca.

O Boss 302 foi totalmente inspirado no modelo original e traz novos para-choques, grade, saias laterais e rodas de 19 polegadas. As cores, laranja, branco, azul, amarelo e vermelho, também remetem ao carro da década de 60.

As alterações na carroceria melhoraram a aerodinâmica do carro que traz sob o capô o motor V8 5.0 que recebeu novos coletores de admissão e de escape e garantiram 28 cv a mais de potência, totalizando 440 cv.

Para aumentar ainda mais a pegada do esportivo, a relação de marchas foi encurtada, a suspensão foi ajustável e o modelo ganhou sistema de freios da Brembo.

A cabine também traz o espírito de competição, com assento de corrida, barras de proteção no lugar dos bancos traseiros, revestimento em Alcantara e novo acabamento das portas. De acordo com a Ford a edição é limitada, mas a fabricante não informou quantas unidades da versão especial serão produzidas.(Auto Esporte)



Lancia mostra imagens de releitura do esportivo Stratus

Modelo é baseado em carro de competição da década de 70.
Apresentação oficial está marcada para novembro, na França.

A Lancia divulgou nesta segunda (16) as imagens da releitura do Stratus, modelo produzido na década de 70 para competições de rali.

As linhas são muito semelhantes às da versão original, mas a nova carroçaria é feita em fibra de carbono para melhorar o desempenho do carro. As especificações técnicas não foram divulgadas.

Pelas imagens da cabine, é possível observar bancos tipo competição, revestimento em Alcantara e cinto de cinco pontos, além dos comandos tipo borboleta atrás do volante.

A releitura será apresentada oficialmente em novembro, na França.(Auto Esporte)

 

 

domingo, 15 de agosto de 2010

3ª Etapa do Campeonato Estadual de Kart 2010 - Campo Grande - MS

A Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul, por intermédio do Pantanal Automóvel Clube, realizará neste final de semana, dias 14 e 15 de agosto, a 3ª Etapa do Campeonato Estadual de Kart 2010, no Kartódromo Ayrton Senna. O evento conta com o apoio do Governo do Estado MS e da Fundesporte.

O kartódromo de Campo Grande foi inaugurado em 1989 e localiza-se no bairro das Moreninhas. Os pontos de ultrapassagem existem e exigem um certo arrojo dos pilotos. Em 2000 foram realizadas obras de infra-estrutura na área de boxes e também no piso do circuito, que foi recapeado com concreto. Com a reforma concluída, o circuito está definitivamente de volta ao cenário dos grandes eventos do kartismo nacional.

São 930 metros de pista onde os pilotos poderão acelerar ao máximo e disputar quem é o mais rápido nas categorias Cadete (até 14 anos), Five Speed, Executive e Super F4.

Será, sem dúvida alguma, uma grande festa para a família campo-grandense.

Segue abaixo programação:

SÁBADO 14/08/2010

09:00     17:00
 INSCRIÇÕES DE TODAS AS CATEGORIAS

08:30     09:10
 TREINO LIVRE CADETE

09:10     09:50
 TREINO LIVRE Executive 

09:50     10:30
 TREINO LIVRE Five Speed

10:30     11:10
 TREINO LIVRE  Super F4

11:15      12:50
 INTERVALO

13:00     13:40
 TREINO LIVRE CADETE

 13:00    13:40
 TREINO LIVRE Executive 

13:40     14:20
 TREINO LIVRE Five Speed

14:20     15:00
 TREINO LIVRE  Super F4


DOMINGO 15/08/2010

09:00
 ENCERRAMENTO DAS INSCRIÇÕES

08:00    08:10
 WARM UP CADETE

08:10    08:20
 WARM UP Executive/ Five Speed

08:20    08:30
 WARM UP Super F4 (vistoria tecnica da junior)

09:00
 BRIEFING TODAS AS CATEGORIA - PRESENÇA OBRIGATÓRIA
 
08:00    08:30
 ABASTECIMENTO   CADETE  E VISTORIA  executive/five speed

08:30    09:00
 ABASTECIMENTO   FIVE  speed E VISTORIA Super F4

09:00    09:30
 ABASTECIMENTO   super f 4 

TOMADA DE TEMPO

09:00    09:10
 CADETE

09:20    09:30
 Executive/ Five Speed

09:40    09:50
 Super F4
1ª PROVA

10:00
 LARGADA DA 1ª PROVA  - CADETE

10:30
 largada da  1ª – prova  executive

11:00
 LARGADA DA 1ª PROVA  - FIVE SPEED

11:30
 LARGADA DA 1ª PROVA  - super f 4
 12:30    13:30
 INTERVALO PARA ALMOÇO

  2ª PROVA
 
13:30
 LARGADA DA 2ª PROVA  - CADETE

14:00
 LARGADA DA 2ª PROVA  - EXECUTIVE

14:30
 LARGADA DA 2ª PROVA -  FIVE SPEED

 15:00
  LARGADA DA 2ª PROVA -  SUPER F 4

16:00
 PÓDIO (TODAS AS CATEGORIAS)

Saab quer vir para o Brasil


Sob o comando da Spyker desde fevereiro deste ano, a sueca Saab volta a pensar em crescimento e já está de olho no mercado brasileiro - um dos mais saudáveis do mundo. Segundo um comunicado da marca, a empresa nórdica está buscando um importador para entrar no mercado nacional. Entre as apostas da Saab para o Brasil está o recém-lançado sedã 9-5, que lidera a ofensiva de produtos da empresa. Também estão cogitados para o mercado brasileiro os crossover 9-4X e a versão wagon do 9-5, ambos na iminência de serem lançados.

A Saab tem representações em 53 países ao redor do mundo. O anúncio de um representante em solo brasileiro será feito dentro dos próximos três meses. Este é parte de um importante programa de expansão na América do Sul.

"Agora nós estamos buscando um parceiro de negócios, em longo prazo, que tenha conhecimento do mercado automobilístico no Brasil. Ele deve compartilhar da nossa abordagem empresarial de negócios e demonstrar um total comprometimento com nosso serviço ao cliente" , disse Adrian Hallmark, diretor executivo de vendas da Saab Automobile.

Além da expansão da marca na América do Sul, outros planos da fabricante sueca são a criação de um modelo 100% elétrico inspirado na nova geração do modelo 9-3 - previsto para debutar já em 2011 -, além da criação do subcompacto 9-2 - programado para 2013 ou 2014 - com o objetivo de rivalizar com o Mini. Se os planos da Saab derem certo, a marca espera voltar a ser lucrativa em 2012,  quando suas vendas  totalizarem entre 120 e 125 mil unidades em todo o mundo. (Motor Dream)


Carro zero km fica 0,68% mais barato

Valor cai pela primeira vez no ano após acumulado de 2,68% registrado no primeiro semestre

Parecia óbvio que o fim dos subsídios governamentais para incentivo da indústria automobilística poderia resultar em um aumento do preço dos carros zero km. A tendência, segundo analistas, era uma elevação de 5%, como um meio de “repor” o valor abatido pelo IPI que voltou a ser cobrado em abril deste ano. No entanto, a forte concorrência do mercado manteve o aumento abaixo da expectativa: 2,68% no primeiro semestre. E desta vez, indo na contramão das perspectivas, o preço médio do carro zero caiu 0,68% em julho, conforme estudo da AutoInforme/Molicar.

Este foi o primeiro registro de redução nos preços neste ano. A última vez que isso ocorreu foi em outubro de 2009, mês no qual as empresas responsáveis pela pesquisa relataram baixa de 0,01%. Mas antes disso, em agosto também do ano passado, a diminuição já havia sido de 0,26%. Este novo desconto, porém, segunda explica a AutoInforme/Molicar, não representa uma estagnação do mercado ou se a queda no valor no mês anterior foi algo pontual. Mas a agência aponta que o resultado do balanço de agosto dará um indicativo mais preciso sobre o comportamento do preço do carro zero.

Em julho, os carros da Volkswagen e Ford tiveram queda de preço acima da média do mês, com reduções de 1,49% e 1,24%, pela ordem. A Fiat também reduziu ligeiramente seus preços em 0,08%. Os carros da GM, por outro lado, ficaram 0,15% mais caros no mesmo período. Em tabela elaborada pela agência consultada, a Agrale ocupa o topo da lista como fabricante que mais aumentou seus valores, com acréscimo de 2,69%. No final da planilha vem a Lexus, que reduziu os valores de seus produtos em 4,79%.  (Carro Online)

sábado, 14 de agosto de 2010

1ª Edição do Aplha Classic - Alphaville - São Paulo - SP

7º Encontro de Carros Antigos - Cosmópolis - SP

3º Encontro Regional dos Amigos do Fusca - Jacareí - SP

Escola de Cultura, Exposição de Miniaturas

Sertões: Nos carros, Nobre e Palú vencem


Dupla comanda segunda etapa do Rali e deixa Franciosi/Capoani para trás na classificação geral

A dupla Paulo Nobre (Palmerinha) e Luiz Carlos Palú, da BMW, que estava dois anos sem participar da prova, conquistou a segunda etapa do Rali dos Sertões na categoria carros, disputada entre Caldas Novas (GO) e Unaí (MG). O piloto e o navegador conseguiram melhorar o ritmo em relação a etapa inicial da última quarta-feira, quando terminaram em terceiro, e completaram o trajeto em 2h26m16.

João Antonio Franciosi e Rafael Capoani, que conquistaram a primeira etapa, ficaram na segunda colocação, um pouco mais de um minuto atrás dos líderes. Em terceiro ficou a dupla Riamburgo Ximenes/ Stanger Welerson Eler.

Com o resultado, Paulo Nobre/Luiz Palú assumiram a liderança da classificação geral, à frente de Marlon Koerich/ Deco Muniz.(Lancenet)

Resultado da segunda etapa do Rali dos Sertões:
1º - Paulo Nobre /Luiz Carlos Palu (BMW) - 2h26m16
2º - Joao Antonio Franciosi/Rafael Capoani (Mon) - 2h27m45
3º - Riamburgo Ximenes/ Stanger Eller (Volkswagen) - 2h28m05
4º - Marlon Koerich/ Deco Muniz (Sherpa) - 2h29m05
5º Guilherme Spinelli/ Youssef Haddad (Mitsubishi) - 2h29m47

SLS AMG GT3 custa R$ 906.000

Modelo de competição homologado pela FIA participará da categoria GT3 de corrida em 2011

A Mercedes-Benz iniciou, nesta quinta-feira (12), o recebimento dos pedidos para o SLS AMG GT3, versão de corrida do principal esportivo da marca. O modelo, que custa € 397.460 (R$ 906.000) com as taxas de exportação alemãs, começará a ser entregue antes do início da primeira temporada da categoria, cujo início é previsto para janeiro de 2011.

Conforme revelamos anteriormente, o propulsor 6.2 V8 que equipa o SLS GT3 é basicamente idêntico ao bloco que equipa sua versão de rua, capaz de acelerar o cupê de 0 a 100 km/h em 3s8 e atingir velocidades superiores a 300 km/h – dependendo de seus ajustes aerodinâmicos e da relação de marchas. Além de retirar todo o peso desnecessário do interior do modelo, a Mercedes substituiu o câmbio de dupla embreagem por um seqüencial  de competição.

“O Mercedes SLS AMG GT3 marca o início de uma nova para Mercedes-Benz e seus clientes de corridas”, afirmou o chefe de veículos de competição da marca alemã, Norbert Haug. Entre os principais itens de série do bólido de competição se destacam o tanque de combustível de 120 litros, extintor de incêndio e gaiola de proteção. O SLS AMG de corrida também poderá participar de todas as competições realizadas pela FIA, uma vez que sua homologação é completa.(Carro Online)

 

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

História Sobre Rodas - Balneário de Camboriú - SC

5º Sábado Bandido - Garibaldi - RS

7º Encontro de Automóveis Antigos - Barretos - SP

Jaguariúna promove a 13ª Festa dos Caminhoneiros

Tradicional na cidade, evento é homenagem a São Cristovão

São Cristóvão, protetor dos viajantes, motoristas e padroeiro dos taxistas, é homenageado no próximo domingo, 15 de agosto, na tradicional Festa dos Caminhoneiros de Jaguariúna, que este ano chega a 13ª edição.

O evento, de caráter religioso, tem entrada franca. A programação da festa é variada, com apresentação de artistas, missa e carreata pelas ruas da cidade, em direção à Igreja Matriz, onde é feita a bênção dos veículos.

Na Comunidade Nossa Senhora Aparecida, além de praça de alimentação e shows, profissionais da área da saúde estarão realizando exames preventivos de diabetes e pressão arterial, e divulgando campanhas de educação em saúde.

Para a Secretária de Turismo e Cultura de Jaguariúna, Maria das Graças Hansen Albaran, a Festa do Caminhoneiro de Jaguariúna já faz parte do calendário turístico da cidade. “A cada ano, o evento reúne maior número de participantes. São motoristas e familiares, não só residentes no município, mas de toda a região e essa movimentação incrementa o turismo em Jaguariúna”, afirma a secretária.

A festa é uma realização da Prefeitura de Jaguariúna, em parceria com o Clube dos Caminhoneiros da cidade.

Confira a programação:

07h30 - Missa na Comunidade de Santo Antonio - Guedes de baixo
9 horas - Concentração dos Caminhoneiros - Guedes de baixo
10 horas - Saída do desfile pelas principais ruas, com benção dos motoristas em frente a igreja Centenária
12 horas - Inicio das atividades de gincanas, sorteio de brindes e palestras – recinto Comunidade Nossa Senhora Aparecida
16 horas - Show de encerramento com Betto e Menon

Serviço

Festa dos Caminhoneiros de Jaguariúna
Data: 15 de agosto
Horário: a partir das 7h30

450 amigos no Twitter, muito obrigado!