diHITT - Notícias Auto Sauer: Fevereiro 2011

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Começa venda de ingressos para etapa da Indy em SP

Veja o mapa com a localização dos setores e os preços

A organização da etapa da IndyCar em São Paulo, que será disputada no dia 1º de maio, informou que a venda de ingressos começará neste sábado, por intermédio do site www.livepass.com.br. Os ingressos variam entre R$ 180 e R$ 600. Veja aqui os preços por setor e a localização na pista.

A novidade em relação ao ano passado é a criação de uma nova área para o público chamada "Indy Area". Será um espaço ao ar livre, sem arquibancada, com visão privilegiada dos pits, da saída dos boxes e das curvas 14 Bis e do Pavilhão.

Os demais setores se localizam, principalmente, no Sambódromo do Anhembi, onde acontecerão a largada e a chegada da prova. Lá também será realizada a cerimônia do pódio, com os três primeiros colocados.

 

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Flamengo confirma entrada na Fórmula Truck

Clube será representado por dois pilotos goianos em Santa Cruz do Sul

Clube de maior torcida do Brasil, o Flamengo será representado na etapa de abertura da Fórmula Truck, em Santa Cruz do Sul. A equipe Original Reis Peças, que conta com os pilotos goianos José Maria Reis e Leandro Reis, acertou o licenciamento do uso da marca do clube hexacampeão brasileiro de futebol nos caminhões Scania para a abertura do campeonato e, na próxima semana, será votado no conselho do Rubro-Negro, a assinatura de um contrato para todo o ano.

Vice-presidente de marketing do Flamengo, Harrison Baptista confirmou o acordo ao Jornal Lance e revelou que, caso seja aprovado, o compromisso renderá ao clube uma parcela dos royalties em cima dos patrocinadores da escuderia.

- Será o caminhão oficial do Flamengo. Concedemos o licenciamento para essa corrida e a aprovação do contrato para o restante da temporada está em processo. Não deveremos ter problemas para aprová-lo - comentou Baptista.

Com o acordo, a categoria mais popular do automobilismo brasileiro conta com os dois clubes com maior número de torcedores, já que o Corinthians está representado desde o ano passado, quando conquistou o título com Roberval Andrade.

O editor viaja a convite da organização da F-Truck.(Lancenet)

Targa California 2011





sábado, 26 de fevereiro de 2011

Triumph Dolomite Sprint - 1973



Mercedes enfrenta problema de refrigeração

Ross Brawn garante que solução foi encontrada para o modelo W02

Diretor da Mercedes, Ross Brawn admitiu que o novo modelo W02 ainda não atingiu seu potencial máximo devido a um problema de refrigeração. A equipe vem decepcionando nos testes de pré-temporada, mas Brawn informou que o problema foi solucionado na fábrica e o carro poderá mostrar mais nos últimos treinos, em Barcelona.

- Nossa intenção foi sempre de lançar o carro com sua especificação básica para permitir um foco nas evoluções. Isso inevitavelmente significa que estamos abaixo do ritmo que as pessoas esperavam. Nosso maior desafio foi um problema de refrigeração, mas pequenas modificações em relação ao carro lançado custaram uma razoável parcela de performance - admitiu.

A Mercedes contará na temporada novamente com os alemães Michael Schumacher e Nico Rosberg.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Ford Mustang SVO - 1986




BMW ActiveE terá 1.000 modelos produzidos

Primeiro elétrico da marca estreou em 2009 e agora tem produção confirmada

Acompanhando o crescimento dos modelos elétricos e todas as tecnologias que os cercam, a BMW apresentará no Salão de Genebra a versão de produção do Série 1 elétrico, que será chamado de ActiveE. A Carro Online já havia divulgado informações sobre o modelo que estreou em Detroit em 2009 como conceito. Segundo informações, serão produzidas 1.000 unidades do carro para serem vendidas nos EUA, China e Europa. O ActiveE será o primeiro passo da marca para uma série de carros sustentáveis, tendo em vista o Megacity EV, modelo que será apresentado em 2013.

O motor totalmente elétrico produz 168 cv de potência e 25,5 kgfm de torque graças a 3 baterias recarregáveis de íon-lítio, que fornecem energia ao motor. Dessa forma, o ActiveE alcança 96 km/h em 9s0 e desenvolve uma velocidade máxima, limitada eletronicamente, de 145 km/h.

Para diminuir o consumo e aumentar a autonomia do carro, todas as vezes que o motorista retirar o pé do pedal do acelerador a energia cinética será recuperada e transmitida para todos os sistemas que necessitam de mais potência. Dessa forma, segundo a própria fabricante, a economia de energia e a autonomia do veículo podem aumentar 20%.

Ainda pensando nas melhorias e nos itens que devem ser usados para maior economia na hora do trânsito, a BMW desenvolveu um sistema chamado Gliding Mode (modo de deslizamento, em tradução livre), que permite que o carro se mova apenas por sua energia cinética, além do modo Eco Pro, que diminui o consumo de energia enquanto o ar-condicionado é usado.

Conforme informado, o ActiveE tem o mesmo espaço interno de um Série 1 normal, mas perde 200 litros no porta-malas. Ainda olhando para o interior, o BMW ganhou um revestimento especial de couro cinza, para choques diferenciados e um painel com aparelhos exclusivos.(Carro Online)






 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Governo brasileiro multa Toyota e grupo Caoa por recalls

Multa R$ 1,5 milhão será aplicada por lentidão no anúncio da convocação.
Caoa foi multado por dois casos envolvendo a marca Subaru, diz DPDC.

O governo federal decidiu multar a Toyota e a distribuidora de veículos Caoa em cerca de R$ 1,5 milhão por lentidão no anúncio de recalls de veículos feitos no ano passado. As multas, decididas pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão vinculado ao Ministério de Justiça, referem-se a demoras na convocação de recalls dos modelos Corolla, da Toyota, e da montadora japonesa Subaru, vendidos pela Caoa. O DPDC não informou o modelo no caso do grupo Caoa.

"Quando o fato envolve a saúde e segurança do consumidor, não pode haver demora", afirmou a diretora do DPDC, Juliana Pereira. "O Código de Defesa do Consumidor é absolutamente claro ao determinar que a comunicação deve ser imediata."

Segundo o DPDC, a Toyota foi multada por levar dois meses para fazer uma campanha de convocação de proprietários do carro que apresentou problemas de falta de fixação de tapetes que causava aceleração involuntária dos veículos.

Enquanto isso, o grupo Caoa foi multado duas vezes. Em um caso, a empresa levou 60 dias para realizar um recall após tomar conhecimento de problema na suspensão traseira. No segundo caso, a multa se deveu ao tempo de 25 dias para a convocação de clientes para solução de problema em sistema eletrônico.

Representantes da Toyota e da Caoa não estavam disponíveis para comentar o assunto. No entanto, no final da tarde desta quinta-feira (17), a Toyota divulgou uma nota de esclarecimento à imprensa. Confira o comunicado abaixo:

"A Toyota do Brasil tomou conhecimento da publicação feita pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) no Diário Oficial da União do dia de hoje. Neste momento, a empresa busca aprofundar o entendimento sobre tal decisão.
A Toyota tem e continuará praticando sua filosofia de satisfazer os consumidores com veículos de alta qualidade, seguros e confiáveis." (Auto Esporte)

 

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

VW Passat CC R-Line chega por R$ 189.130

Vendido em configuração única no Brasil, cupê ganha kit visual e itens de série

A Volkswagen do Brasil exibiu nesta segunda-feira (11) a nova configuração do Passat CC chamada R-Line. Custando R$ 189.130, R$ 8.245 a mais que a versão comum, a novidade possui todos os itens de série e opcionais do Passat CC de entrada e ainda conta com um piloto automático adaptativo (ACC), Park assist com câmera e kit visual exclusivo composto de novas rodas de aro 18”, novo volante com base achatada, spoiler dianteiro, saias laterais, soleiras de alumínio com instrição “R-Line” nas portas, interior revestido em couro e lanternas escurecidas.
 

O conjunto mecânico do Passat CC permanece inalterado, composto pelo motor 3.6 V6 FSI capaz de produzir 300 cavalos de potência e 35,6 kgfm de torque, o câmbio DSG (dupla embreagem) de 6 marchas e o sistema de tração integral 4Motion. O  modelo já está à venda nas concessionárias da marca. Confira as fotos da novidade no link “fotos” acima. (Carro Online)

 

Surge o Mercedes-Benz Classe C Coupé

Marca divulga detalhes oficiais do modelo disponível nas versões C250 e C350

Antecipando o Salão de Genebra, Suiça, e acabando com o suspense após algumas fotos vazadas na internet, a Mercedes-Benz divulgou as imagens oficiais do Classe C Coupé 2012. O modelo traz os mesmo itens da versão sedã, mas com apenas duas portas, um teto mais baixo e uma diferença de 3,8 cm de distância para o chão, comparado com a versão de quatro portas. 





As duas opções de motorização do Classe C estarão expostas no evento, a C250 usa um motor 1.8 turbo com injeção direta, o que proporciona uma potência de 201 cv, do outro lado está o C350 que leva um propulsor que desenvolve 304 cv de potência, graças ao motor 3.8 V6. Ambas versões levam uma transmissão automática de 7 marchas. Especula-se que a empresa não lançará a versão com tração integral.  Já a vertente esportiva, AMG, deve ser apresentada no Salão de Nova York, EUA. 

Diversos itens de segurança fazem parte do pacote do Classe C Coupé, como: 9 air bags de série, freios ABS, controle de estabilidade (ESP), faróis de xênon direcionais, sensores de estacionamento. No interior do carro encontram-se alguns componentes de conforto, além de diversos itens de entretenimento, como Bluetooth, uma tela central de 5,8” que permite o acesso a sites de busca e consulta de mapas em 3D.

O valor das versões do Classe C Coupé não foi divulgado. Também não houve um esclarecimento da empresa sobre a vinda do modelo para o Brasil. Confira ao lado as fotos oficias do Mercedes-Benz Classe C Coupé.(Carro Online)
 


 

 

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Audi A7 investe em linhas esportivas e arsenal tecnológico

Concorrência da Mercedes inspirou o Sportback, que tem cara de cupê quatro portas

De olho na concorrência, a Audi resolveu vestir sua plataforma médio-grande com uma carroceria mais esportiva e atraente. Em sua apresentação no Salão de Paris de 2010, o A7 Sportback se mostrou uma alternativa para um segmento que não pode abrir mão de luxo e sofisticação, mas cujo desenho dos sedãs, como o A6, pode ser austero demais para certas garagens. Tanto que o A7 ostenta o design de um cupê de quatro portas, com a linha do teto formando um arco bem pronunciado, que praticamente elimina o terceiro volume do porta-malas. De quebra, o modelo antecipou a plataforma usada na nova geração do A6, mostrada oficialmente no Salão de Detroit de 2011.

As linhas do A7 são relativamente simples e têm traços muito semelhantes a outros carros da Audi – o A5 Sportback é praticamente uma versão do A7 em menor tamanho. Mas, apesar da comedida originalidade, o cupê quatro portas não deixa de ser elegante e imponente. O perfil mais esbelto realça a esportividade do carro e a suavidade dos contornos, enquanto as vistosas rodas de 19 polegadas ajudam a compor o visual. A Audi claramente se inspirou no conceito usado no Mercedes-Benz CLS, que em 2004 inaugurou o segmento dos cupês de quatro portas. Entretanto, a marca das argolas injetou no A7 todo seu arsenal tecnológico visto antes somente no A8, topo de linha da fabricante de Ingolstadt, em uma clara intenção de posicionar o modelo acima do Mercedes.

O A7 vem sempre equipado com a tradicional tração integral Quattro. E pode oferecer como opcional a suspensão a ar adaptativa com quatro modos de operação – Confort, Auto, Dynamic e Individual –, que permite explorar melhor as potencialidades do carro. O controle eletrônico de estabilidade não pode ser totalmente desligado, apenas o controle de tração – uma performance mais extrema, "nervosa" e menos permissiva deve estar reservada aos futuros S7 e RS7.

Os motores oferecidos trazem as últimas inovações da Audi. São dois propulsores a gasolina e dois a diesel. A versão de entrada é equipada com o 2.8 TFSI V6, que entrega 204 cv e 28,5 kgfm de torque entre 3.000 e 5.000 rpm. Há ainda outro V6 a gasolina, um 3.0 de saudáveis 300 cv. Segundo a Audi, 90% dos 44,8 kgfm de torque desta unidade estão disponíveis na faixa que vai das 2.900 até as 4.500 rpm. Os europeus também poderão optar por um V6 3.0 TDI a diesel que desenvolve 245 cv. Todos são equipados com o câmbio automatizado S-Tronic, de dupla embreagem e sete marchas.

Com isso, o A7 Sportback reúne a tecnologia que a Audi oferece em sua gama topo de linha, só que em um pacote mais esportivo e atraente. Os preços na Europa começam nos R$ 119.000 (52 mil euros) para as versões básicas, valor que pode aumentar consideravelmente com a adição de opcionais. Segundo a Audi, o A7 deve chegar ao Brasil em março deste ano apenas com o propulsor 3.0 TFSI V6 que rende 300 cv – mesmo motor usado no A6 lançado recentemente, só que com 10 cv a mais que o sedã. (R7/Web Motors)

De Tomaso deve renascer


Segundo site europeu, marca italiana vai mostrar conceito em março no Salão de Genebra

A marca De Tomaso deve voltar ao mercado no Salão de Genebra, Suiça. Segundo o site Automotive News Europe, a marca italiana deve renascer pelas mãos de Gian Mario Rossignolo, ex-executivo de marketing da Fiat. Para a mostra suíça, a nova De Tomaso estaria preparando um conceito chamado SLC (sigla para carro esportivo de luxo, em tradução livre). A marca divulgou nesta quinta-feira, 10, duas imagens dando uma prévia do que será o protótipo.

O SLC foi desenhado pelo estúdio Pininfarina e deve ser posicionado no segmento crossover. Ainda de acordo com o site europeu, o modelo da De Tomaso deve entrar em produção em 2012 com duas opções de motor a gasolina e uma a diesel. Um V8 com 500 cv e um V6 de 300 cv usando gasolina. A versão diesel deve ser V6 com 250 cv. O nome definitivo para o carro ainda não teria sido decidido.

O plano de Rossignolo seria produzir 3.000 unidades do crossover por ano e, mais adiante, 3.000 sedãs de luxo e 2.000 cupês. Os veículos serão montados na antiga fábrica da Pininfarina em Turim, Itália, hoje alugada pela De Tomaso Automobili. Nos últimos seis anos, o executivo vem divulgando sua idéia de fabricar um portfólio de três carros em alumínio.

A De Tomaso foi fundada na Itália em 1959 pelo piloto argentino Alejandro De Tomaso. Nas décadas de 60 e 70, seu nome foi sinônimo de carro esportivo. O mais lembrado De Tomaso é o Pantera de 1970. O cupê era equipado com um V8 5.8 da Ford que produzia 330 cv. O desenho da carroceria combinava com esportivos italianos. Essa era a receita dos De Tomaso: design europeu somado à mecânica bruta norte-americana.

A marca faliu em 2004, pouco após a morte de seu fundador. Rossignolo, já com 80 anos de idade, comprou os direitos sobre a marca em 2009. O executivo tem experiência de 22 anos na área de marketing do grupo Fiat. Ele já foi CEO da Lancia entre 1977 e 1979. Em 2008 Rossignolo já havia tentado comprar a Bertone, mas perdeu a disputa para a Fiat.

Em dezembro de 2009, o executivo passou a alugar a fábrica da Pininfarina em Grugliasco, nas cercanias de Turim. Atualmente a instalação emprega 900 pessoas. De acordo com Rossignolo, o investimento no renascimento da De Tomaso é de € 116 milhões (R$ 264 milhões).(Carro Online)

 

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Lamborghini: novas informações do Aventador

Substituto do Murciélago terá célula de sobrevivência que pesará 147 kg

A Lamborghini está revelando aos poucos as informações sobre o Aventador, sucessor do Murciélago. Após ter exibido detalhes técnicos sobre o motor e o sistema de suspensão do esportivo, a marca italiana divulgou nesta sexta-feira (11) as novidades sobre a célula de sobrevivência do modelo (monocoque), lugar onde ficam acomodados o motorista e o passageiro.

De acordo com a marca italiana, a peça é feita de fibra de carbono com polímeros reforçados (material chamado CFRP), o que, além de lhe permitir alta rigidez estrutural , torna a estrutura leve, pesando apenas 147,5 kg neste caso. Com sua montagem completa, o que inclui bancos, revestimento interno, painel de instrumentos e peças da carroceria, o peso da célula de sobrevivência sobre para 229,5 kg.

Segundo a Lamborghini, a tolerância de diferença de variação na medida do componente em relação ao esquadro é de 0,1 mm. Conforme revelamos anteriormente, o motor V12 tem um ângulo de inclinação de 60° entre as bancadas de cilindros e os 700 cv de potência são atingidos em 8.250 rpm, enquanto o torque máximo de 70,3 kgfm é obtido a 5.500 rotações por minuto.(Carro Online)

 

Mão de Robert Kubica já não está mais inchada

Local não sofreu danos na nova cirurgia e piloto segue recuperação

A recuperação de Robert Kubica após o grave acidente sofrido num rali na Itália continua excelente. O polonês, que correu o risco de ter a mão direita amputada devido às múltiplas fraturas e lesões na região, vem impressionando os médicos.

Responsável pela operação de nove horas realizada na última sexta-feira, o ortopedista Franceso Lanza revelou que a mão não sofreu danos no procedimento e nem está mais inchada.

Ainda não há previsão para Kubica receber alta, mas, segundo os médicos, a total recuperação se dará em aproximadamente um ano.
(Lancenet)

9º Blue Cloud - Poços de Caldas - MG


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Em busca de vaga, B. Senna dá primeiras voltas com Lotus Renault


Na busca pela vaga aberta pelo acidente de Robert Kubica, o brasileiro Bruno Senna guiou pela primeira vez o carro da Lotus Renault. Contratado como piloto de testes, ele teve desempenho razoável nesta manhã de domingo pela pré-temporada da Fórmula 1 em Jerez de la Frontera, na Espanha. Rubens Barrichello, da Williams, também obteve destaque. 

Bruno Senna cravou o tempo de 1min21s990, o quinto melhor da manhã. Rubens Barrichello fez o melhor tempo, até agora dos testes nesta pista, com 1min19s832. Nomes como Jenson Button, da McLaren, Fernando Alonso, da Ferrari, e Sebastian Vettel, da Red Bull, também foram à pista. 

Enquanto Kubica se recupera de grave acidente sofrido em prova de rali no último fim de semana, Bruno Senna tenta convencer a Lotus Renault de que pode ser um dos titulares. No sábado, o alemão Nick Heidfeld, que também concorre à indicação, foi o melhor na sessão de testes. O outro nome na briga é o italiano Vitantonio Liuzzi. 

Os testes prosseguem neste domingo em Jerez de la Frontera.

Confira os tempos da manhã:
1. Rubens Barrichello (BRA/Williams) - 1min19s832
2. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 1min20s601
3. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min21s074
4. Sebastian Buemi (SUI/Toro Rosso) - 1min21s682
5. Bruno Senna (BRA/Lotus Renault) - 1min21s990
6. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min22s222
7. Jenson Button (ING/McLaren) - 1min22s278
8. Nico Rosberg (ALE/Mercedes GP) - 1min22s773
9. Jerome D''Ambrosio (BEL/Marussia Virgin) - 1min22s985
10. Paul Di Resta (GBR/ Force India) - 1min23s444
11. Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus) - 1min24s023